Buscar
  • FaunoEditor

VOD x Bigdata

Atualizado: 1 de Jul de 2019



Com os adventos tecnológicos cada vez mais rápidos e dinâmicos, diversos setores do mercado são atingidos, incluindo segmentos derivados da comunicação. Nesse contexto os formatos audiovisuais, diretamente ligados a publicidade, ou seja, tudo aquilo em que podemos dar o “play”. A seguir, as ferramentas a serem destacadas, em que o consumidor escolhe seu próprio conteúdo através de um amplo horizonte de opções, sendo elas o SVOD, TVOD e AVOD:

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

SVOD: Os sistemas de Subscription Video On Demand são a maneira de oferecer conteúdo ao usuário a partir de uma assinatura, seja ela oferecendo um conteúdo periódico ou não. Desta maneira os usuários podem usufruir do conteúdo sem que a haja uma janela publicitária diretamente envolvida. Alguns exemplos de instrumentos de monetização dessa veiculação seriam O Netflix, Amazon Prime e Hulu. Estes permitem não só acesso a conteúdo premium, mas também a conteúdos exclusivos e uma maior liberdade de interação sobre o plano adquirido, como o download de conteúdo.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

TVOD: O Transactional Video On Demand geralmente é uma taxa única que o usuário paga para ter acesso a um determinado período de tempo ao conteúdo, ou a um determinado número de acesso a ele. Como um exemplo de consumo deste tipo, temos o acesso a streamings com prazo de duração e o download de música de plataformas como o iTunes e o Amazon Instant Video.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

AVOD: Comumente utilizado para a publicidade direta, o Ad-based Video On Demand permite acesso livre e sem custo ao conteúdo. Porém, inserções publicitárias são veiculadas dentro desse acesso sejam diretas ou indiretas que redirecionam o consumidor para acesso a promoção de um produto ou serviço, ou até mesmo para outros conteúdos pagos. A monetização ocorre por parte do anunciante nesse caso através de diferentes estratégias, seja por clique, visualizações ou e-commerce. O Youtube, IGTV e Dailymotion são exemplos populares de veículos que se utilizam do AVOD.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Legenda: Players globais utilizando-se de estratégias diferentes, ou até convergindo-as.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

De acordo com rumores de especialistas da área, é fato de que essas operações citadas acima, já estão se transformando e conversando entre si de alguma maneira. Por exemplo, para uma plataforma como o Netflix, utiliza-se do SVOD em um primeiro momento na sua assinatura e, em seguida, o consumidor pode optar por um conteúdo em específico que possa conter algum tipo de AVOD inserido em sua reprodução. Esse tipo de situação faz com que os produtores de conteúdo repensarem as estratégias de visibilidade já adotadas em um primeiro momento, seja ela diretamente na veiculação ou até mesmo indiretamente, utilizando-se de opções como a do branded content. A timeline está correndo e não basta apenas definir estratégias para o presente.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

É a partir deste panorama comentado que os produtores de conteúdo buscam cada dia mais se integrar de alguma maneira a esses formatos, para que além de veicular seu conteúdo também lucrar de alguma maneira com o seu consumo. Mas antes de converter essa monetização é necessário pensar em toda a cadeia em que ele será veiculado, para que seja eficiente ao máximo em retornos tanto financeiro quanto ao de visibilidade, tudo isso é claro, de forma discreta para que não se torne desinteressante para o consumidor que possa se sentir “incomodado” ou “ludibriado”. É nesse momento que as estratégias de marketing digital são aplicadas, como estratégias de lançamento, distribuição, parcerias com influenciadores e anúncios. Vale lembrar que tudo está interligado: desde o formato em que seu conteúdo foi produzido, sua qualidade, estudo de público-alvo e o enquadramento ao canais de veiculação, para que ai então agir quanto a qual tipo de veiculação será realizado (AVOD,SVOD,TVOD).

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Tido como um desafio, resolver essas questões de eficácia de sua produção e sua visibilidade, o próprio produtor de conteúdo e também seus veículos de exibição estão utilizando do Big Data para tomar decisões assertivas dentro do seu planejamento. A coleta de dados é realizada por ambas as partes de diversas maneiras ´para que sejam filtradas e qualificadas'. Ao exemplo disso, temos o Netflix e o Spotify (SVOD), quanto a sugestões que faz ao seu consumidor sobre suas preferências de consumo, oferta de conteúdo pay per view através de ofertas direcionadas (TVOD) pelo iTunes, além do Youtube e IGTV (AVOD) com anúncios de product placement durante a execução de seus conteúdos. A análise dos dados são feitas de maneira contínua pois pode variar de acordo com a demanda de consumo dos conteúdos cabendo ao produtor e o distribuidor ajustar o conteúdo ao que está sendo consumido.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Você que possui um projeto ou até mesmo um conteúdo finalizado, poderá contar com a Fauno Filmes como seu parceiro para melhor adequar sua produção, dentre a estratégia já definida pela sua equipe, para que os resultados sejam maximizados.

0 visualização

Entre em contato

Para juntos criarmos projetos criativos e soluções em comunicação
  • White LinkedIn Icon
  • White Facebook Icon
  • White Vimeo Icon
  • White Instagram Icon

© 2020, Curitiba - PR